Saúde e Cuidados

Plantas venenosas. O meu pet comeu. O que fazer!

Escrito por Regis de Paula

Existem algumas plantas venenosas que são tóxicas para nossos bichinhos de estimação, podendo até mesmo levá-los a morte. Como agir nestes casos!

Bom… o seu novo amigo chegou em casa. Está todo mundo super feliz. Eu também sempre fico assim. Mas a decisão de adotar um animal de estimação deve levar em conta vários aspectos. Preste atenção nisso.

Pelo jeito você já passou pelas fases: Qual a raça mais adequada, sexo, origem, a primeira consulta ao veterinário, o lugarzinho dele, os primeiros brinquedinhos etc. Tudo bem, parabéns pela aquisição, mas tenho certeza de esqueceu do Projeto de jardinagem da casa.

Será que meu quintal é adequado ao meu filhote?

Será que meu quintal é adequado ao meu filhote?

Nem tudo são flores.

É isso mesmo…. a ornamentação deve ser levada em consideração quando se tem pets em casa. O motivo é simples, mas importante. Existem algumas plantas que são tóxicas para nossos bichinhos de estimação, podendo até mesmo levá-los a morte.

Agora você ficou preocupado(a), não é mesmo? Mas a melhor maneira de evitar problemas e conhecê-los bem de perto. Então vamos lá….

Só para você ter uma ideia, segundo alguns estudos, existem mais de 700 plantas que são venenosas. Algumas delas, quando ingeridas, podem causar diarreia e vômito e outras são potencialmente fatais. Por isso, devemos saber quais são elas e o que fazer em caso de envenenamento.

Veja alguns exemplos das plantas mais comuns que você pode ter em casa. Elas podem levar desde problemas gastrointestinais mais leves até quadros graves que matam o animal se não forem tratados a tempo:

  • Azaleia
  • Antúrio
  • Arnica
  • Bico de papagaio
  • Comigo-ninguém-pode
  • Copo de Leite
  • Coroa de Cristo
  • Costela de Adão
  • Espada de São Jorge
  • Espirradeira
  • Hortênsia
  • Samambaia
  • Mamona
  • Lírio
  • Babosa

Além destas plantas, muitas outras podem estar na lista de plantas tóxicas. A dica é  a seguinte, caso você tenha um animalzinho de estimação em casa, investigue se os tipos de plantas que você possui são ou não venenosas para ele.

Se a resposta for positiva, recomendamos excluí-las do jardim fazendo a troca por outras ou, se isso não for possível, impeça o acesso do pet ao jardim ou utilize vasos suspensos. Neste caso, atenção aos gatinhos, eles são ótimos escaladores.

Nada de Plantas venenosas. O melhor é adaptar o ambiente.

Mas volto a repetir… não ter essas plantas em casa é a melhor opção já que os cães, em grande maioria, mas também os gatos, acabam sendo atraídos pelo cheiro, cor e até pelo gosto da planta. Atenção especial aos filhotinhos, eles são naturalmente mais curiosos e investigam todo o seu ambiente a procura de novidades.

O Veterinário e importante nestas horas.

A dica mais importante é que se, por acidente, você perceber que seu animal ingeriu uma planta tóxica, leve-o mais rápido possível ao Veterinário. Não tente provocar o vômito, pois a melhor pessoa para analisar se ele deve ou não ser provocado e como fazer é o Médico Veterinário.

Você precisa saber que dependendo da planta ingerida, as substâncias podem irritar mais ainda a mucosa do esôfago ao provocar o vômito. E se essa indução for feita de maneira incorreta, pode ocasionar uma aspiração e o animal pode vir a ter uma pneumonia aspirativa.

Também não ofereça leite, pois além de não ter nenhum efeito como antídoto contra o veneno das plantas, apenas faz com que o tratamento correto com o Veterinário demore mais para ter início.

Ah! Muito importante: se você vir o animal ingerindo alguma planta não esqueça de levá-la junto para a consulta, assim 0 Veterinário pode identificá-la corretamente e encontrar o antídoto específico.

E a última dica que também pode ajudar bastante: lavar imediatamente a boca do animal. Isso diminui a ingestão e absorção das toxinas pelo organismo.

As plantas podem ser tóxicas como um todo ou algumas podem ter apenas a semente, as folhas ou as flores como parte venenosa.

É preciso calma nestas horas.

Os sintomas que os animais podem apresentar são variados, como falados anteriormente, desde vômitos, diarreia, até febre, falta de apetite, apatia, taquicardia, salivação, tremores e mesmo, a morte em casos mais graves.

Outro lembrete: mantenha a calma. Você só vai conseguir ajudar se estiver raciocinando bem para tomar as decisões corretas. Peça ajuda a alguém próximo e foque no seu amigão.

Se um acidente acontecer leve imediatamente ao veterinário.

Se um acidente acontecer leve imediatamente ao veterinário.

Para garantir a saúde e segurança do seu melhor amigo é bom rever as plantas que já estão presentes e as que pretende colocar em seu jardim. Prevenir é melhor do que remediar. Ninguém quer colocar a vida do seu pet em risco.

Contato por email: clique aqui

Sobre o autor

Regis de Paula

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar a